Tag: nomes antigos

Pontos de referência que existem, mas não existem mais

em Bairros

Quem vem morar em Fortaleza vindo de outras cidades, estados ou até países, e o turista desavisado, pode se deparar com informações confusas, se precisar pedir pontos de referência pra se movimentar nas ruas da capital.

É que alguns lugares já não existem mais, mas continuam existindo no “imaginário coletivo” dos moradores, aquela memória afetiva que a gente guarda pra sempre, que não muda nunca porque é feita de sentimentos.

Decidi listar alguns lugares assim, que mudaram de nome, ou que não existem mais, ou que a gente troca o nome sem querer…

Ponte Metálica – A ponte que muita gente chama de metálica é a Ponte dos Ingleses. A Ponte Metálica original é a mais antiga, que está praticamente em ruínas. =/

Mercado Central – Cuidado com a pegadinha. O mercado mais novo é o Mercado Central, esse da imagem. O mais antigo,que alguns chamam pelo mesmo nome, é o Mercado São Sebastião, ou Mercado Antigo, e fica próximo à Av. Bezerra de Menezes. Esse da foto é o Mercado Central.

molde horizontal alto cópia

Cine Diogo – No Centro da cidade, muita gente ainda chama o atual Shopping Diogo de Cine. Era um antigo cinema de rua que resistiu bravamente até ser transformado em centro de compras popular.

Lagamar – O bairro agora se chama Tancredo Neves.

Pantanal – Bairro que hoje se chama Planalto Ayton Senna, numa tentativa de deixar de lado a fama de violento do local. Não sei se funcionou, mas é fato que os bairros de Fortaleza mudam bastante de nome.

Sinal do Cordeiro – O cruzamento entre a Av. Raul Barbosa e a Av. Murilo Borges já foi o mais violento de Fortaleza. Conhecido pelo posto policial numa esquina e na outra um pracinha tímida, com uma imagem de Nossa Senhora, se não me engano, e uma placa com um cordeirinho, e os dizeres “esta praça é mantida por cordeiro”. Cordeiro era a oficina de automóveis que ficava logo ao lado, muito conhecida em Fortaleza, que foi demolida ano passado. Hoje, nem tem mais Cordeiro nem Praça. Antes, era assim:

cordeiro fortaleza

Av. Estados Unidos – essa toooodo mundo fala. Dia desses, vi um motoqueiro dos Correios com a inscrição “Agência Estados Unidos” no bagageiro da garupa. Pra quem não sabe, ou pra quem é muito novo, é a Av. Virgílio Távora.

Escola Técnica – O IFCE se chamava Escola Técnica, depois CEFET, e agora IFCE.

Jumbo – essa é ótima. é que nem Av. Estados Unidos. Minha mãe sempre fala. Muuita gente fala. “Vou ali no Jumbo”. Jumbo, gente, é o supermercado Pão de Açúcar.

Mira y Lopez – Hospital psiquiátrico famoso na cidade, muito usado nas brincadeiras populares quando se quer chamar alguém de doido (nada politicamente correto, eu sei, mas a molecagem cearense não tem limite). Foi demolido (tristemente) ano passado, mas sei que vai permanecer no imaginário do nosso povo.

Bar Avião – em Parangaba, já não é bar há muuuito tempo. É uma borracharia, mas está sendo revitalizado pra se tornar um pequeno centro cultural. Curti!

BEC dos Peixinhos – antiga agência do BEC na R. Barão do Rio Branco, Centro de Fortaleza. O BEC hoje é Bradesco, e agência agora, além de peixinhos, tem uma fonte. Pode estar até mais estiloso, mas perde em simpatia pro antigo…

bec peixinhos

 

Quem me ajuda a aumentar a lista? Puxem aí pela memória…

Atualizando o post:

lembraram de algumas pérolas como Gigantão da Zé Bastos, Gresse, Colégio Dorotéias, Romcy… quem dá mais? :)

Ah, quem quiser saber mais curiosidades sobre Fortaleza antiga, visite o blog Fortaleza Nobre. Recomendo demais!

Fotos: Google Maps (exceto a do Mercado).